como fazer torresmo crocante

Continua após a publicidade..

Ah, o Torresmo Crocante, uma delícia da culinária brasileira! Essa história remonta ao interior do Brasil, onde o porco é um animal bastante valorizado devido à sua versatilidade na alimentação. Conta-se que o torresmo crocante começou a ser preparado há muito tempo, quando as famílias criavam porcos em suas propriedades. 

A ideia era aproveitar ao máximo todas as partes do animal, evitando o desperdício. Assim, além de utilizar a carne para diversos pratos, as peles de porco também foram aproveitadas. Inspirados por essa ideia, as pessoas começaram a cortar a pele do porco em pedaços pequenos, geralmente retangulares, e a fritá-las em sua própria gordura. 

Continua após a publicidade..

O segredo para obter um torresmo crocante e bem sequinho está na técnica de preparo. Primeiro, as peles de porco são cortadas em pedaços e levadas ao fogo em uma panela ou frigideira, sem nenhum tipo de óleo adicionado. A gordura do próprio porco começa a derreter, envolvendo as peles e proporcionando um sabor irresistível.

É importante controlar o fogo para que o torresmo não queime nem fique encharcado de gordura. O objetivo é deixá-lo crocante e sequinho. À medida que o calor vai agindo sobre as peles, elas vão liberando a gordura e ficando cada vez mais douradas e crocantes.

Enquanto o torresmo é frito, é comum ouvir o estalido característico do preparo, o que torna o processo ainda mais especial. O aroma delicioso se espalha pela cozinha e desperta a curiosidade de quem está por perto.

Ingredientes Torresmo Crocante

500g de pele de porco

Sal a gosto

Deixe um comentário